O artista Oliver Kossatz nos mostra o que tem debaixo do capô de suas imagens incríveis

(artigo originalmente publicado na V-Ray Magazine)

A empresa de pós-produção e CGI PX Group é mestre na visualização de veículos motores, tendo criado imagens para empresas também alemãs como Audi, VOlkswagen e Mercedes-Benz. Você pode ver imediatamente porquê se tornou a empresa preferida de companias tão renomadas: suas imagens transbordam de detalhes – a textura do painel, o grão dos bancos de couro, o brilho dos flocos metálicos na pintura… Ao mesmo tempo, cenários externos plantam os carros em realidades estilizadas: cidades em longa exposição para carros esportes e trilhas empoeiradas para SUVs.

Enquanto a empresa também faz outros trabalhos tanto de CGI quanto pós-produção, para o artista Oliver Kossatz a melhor parte ainda é trabalhar nos carros. “Eu sou um apaixonado por carros, então é claro que são a coisa que mais gosto de renderizar”, ele diz. “Claro, temos muitos clientes em outras indústrias, então eu sou mais generalista hoje em dia, fazendo de embalagens e produtos a arch viz e animações.”

px-group-automotive-vrscans-01

Nesses quatro anos trabalhando na PX Group, Oliver viu mudanças dramáticas no modo como visualizações são feitas. Enquanto o automóvel na imagem normalmente é uma criação 3D, mais e mais clientes pedem por ambientes completamente modelados como cidades, edifícios modernos ou estacionamentos futuristas. “V-Ray para 3ds Max, com seu suporte a plugins como Forest Pack é uma tremenda vantagem nesses jobs.”

Enquanto trabalhar em tal variedade de projetos pode facilmente descambar para uma padronização das imagens, o trabalho da PX Group é sempre único e sob medida para o projeto. A empresa trabalha com a agência ou o cliente, que ou tem uma boa ideia do que quer ou está aberto às sugestões de Oliver e sua equipe.

px-group-automotive-vrscans-02

A partir daí, Oliver modela a cena, tanto do zero quanto a partir de uma base em CAD fornecida pelo cliente e preparada caso disponível. Depois, ele define a câmera e luzes na cena, prestando atenção a qualquer coisa que o cliente queira destacar. Para garantir o máximo de realismo, a PX Group recorre a experts.

“Para renders de veículos, normalmente temos a supervisão de iluminação feita por fotógrafos de carros”, explica Oliver. “Eles têm anos de experiência fotografando carros, e seu input agiliza muito o processo de iluminação. Gosto de trabalhar com fotógrafos porque esses projetos são sempre divertidos e há tanto que se aprender com eles.”

px-group-automotive-vrscans-03

Com a iluminação e os ângulos definidos, as imagens são enviadas para os clientes para revisão. O time de retoque da PX Group também pode pedir que as imagens sejam renderizadas novamente, pois pode ser mais fácil do que mudar no Photoshop. “Um bom relacionamento entre CGI e pós-produção é uma parte importantíssima do nosso workflow,” explica Oliver.

Um desafio para este workflow é a criação de materiais detalhados para seus projetos. “No passado, nos baseamos em workflows tradicionais para capturar mapas de diffuse, reflexo e normais de fotografias. A quantidade de tempo gasto nisso no final era muito grande, especialmente se você quer mostrar todos os detalhes.”

px-group-automotive-vrscans-04

Oliver aproveitou logo a chance de experimentar os VRScans, a revolucionária biblioteca de materiais escaneados de alta qualidade da Chaos Group. O processo VRScans fotografa um material físico milhares de vezes de diferentes ângulos, sob diversos cenários de luz, resultando em um material digital que parece e reage exatamente como o original.

VRScans revolucionou nosso workflow. A biblioteca é bastante extensa e perfeita para nosso tipo de trabalho. É excitante ver novos materiais sendo adicionados o tempo todo. – Oliver Kossatz, PX Group

Quando o material adequado não está disponível na biblioteca de VRscans, um serviço de escaneamento está disponível. Artistas e designers podem enviar amostras físicas (de 20 a 200 mm quadrados) para a Chaos Group, que irá escaneá-la em um arquivo seamless e tileable. Os arquivos escaneados são enviados via FTP e as amostras devolvidas. É um serviço que Oliver já utilizou.

px-group-automotive-vrscans-05

“Ficaram ótimos!”, ele diz. “Eram amostras com as quais tivemos problemas, como o tecido para o interior de um carro com padrões bem específicos. Usar VRscans não podia ser mais fácil, o processo é à prova de erros contato que a geometria tenha as coordenadas UV dadas corretamente. Isso evita erros comuns.”

Com os VRscans, Oliver está livre para parar de brincar com materiais e pode se concentrar no todo. E mesmo sem saber qual será sua próxima imagem, ele com certeza seguirá por essa rota. “O próximo projeto está sempre logo aí,” ele diz. “E vai ser um job automotivo, com certeza!”.

Anúncios

Escrito por Rick Eloy

Arquiteto, marketeiro, profissional 3D e professor.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s